terça-feira, 13 de setembro de 2011


 Não, as coisas não só podem mudar. como muda deveras. De uma semana, um dia, uma hora para outra, de repente sua vida fica de cabeça pra baixo ou então volta a posição correta, não sei. Dá um certo medo e vem aquela pergunta: "e agora?" "quem poderá me defender?" e nada de aparecer o chapolim colorado. Vou ter que recorrer as minhas listas e me organizar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário